Aborto

Os parágrafos de 2270 à 2275 do Catecismo da Igreja Católica são claros em afirmar que é expressamente proibido o aborto em qualquer hipótese. Conforme o canon 1398 (Código do Direito Canônico), quem pratica este ato é excomungado automaticamente e na hora.

 

Não é só a prática deste ato que é caracterizado como grave mas também “a colaboração formal num aborto constitui falta grave” conforme o parágrafo 2272. Por isso, votar em um político que seja a favor do aborto é um ato completamente reprovável e, conforme o parágrafo 2272 “A Igreja pune com a pena canónica da excomunhão este delito contra a vida humana”.

 

Portanto nossa posição com relação ao aborto é invariavelmente contrária em quaisquer situação.

Deixe uma resposta